Case de Gerenciamento por Categoria – Shopper Supply

Em março (2021) a Shopper Supply concluiu uma etapa muito importante de um grande projeto de Gerenciamento por Categoria no Rio de Janeiro , que começou a ser esboçado ainda em 2019. O serviço, composto por 8 etapas, sendo elas: definição das categorias, definição dos papéis de cada categoria (destino, rotina, ocasional ou conveniência), avaliação das categorias, definição de metas, definição do plano estratégico, definição do plano tático, implementação das categorias e revisão das categorias; foi concluído e tem chamado a atenção de consumidores e até de especialistas do setor.

Leia a matéria completa para conhecer um pouco mais sobre os desafios e os benefícios de adotar o gerenciamento por categoria como estratégia, não só de vendas, mas também para otimização de todos os processos internos e da jornada do cliente.



A Shopper

A Shopper Supply tem se consolidado no mercado com muita dedicação e competência, através da missão de democratizar serviços de trade marketing, seja para o varejo ou para a indústria. Especialistas em Gerenciamento por Categoria, já estamos na Chatuba desde 2019, desenvolvendo todas as etapas para um processo de Gerenciamento por Categorias eficaz, e em 2020 fomos convidados por eles para participar da criação da nova loja da Barra da Tijuca.

[Continua após imagem]

O objetivo era inaugurar uma nova loja, com um novo conceito ainda mais eficiente e intuitivo, tanto para a jornada de consumo quanto para a manutenção e otimização dos processos internos.


A Chatuba Materiais de Construção

Com quase 60 anos atuando no segmento, a Chatuba Materiais de Construção é referência no estado do Rio de Janeiro, com um serviço eficiente e um portfólio que conta com mais de trinta mil produtos, com materiais de construção para qualquer fase de uma obra.

[Continua após imagem]

E agora, em 2021, a loja da Chatuba Barra da Tijuca assina um novo capítulo na história de uma marca forte, com 100% da exposição de loja planejada através de planogramas, que elevam a experiência do consumidor e evidenciam os produtos que melhor performam em cada categoria.


A Comatrix

Uma empresa de consultoria em gestão com foco em geração de resultados, foi uma grande parceira nesse super case de gerenciamento por categorias em material de construção. A empresa já atua dentro da Chatuba há mais de 4 anos, e foi uma das grandes responsáveis pela participação e contratação da Shopper para esse projeto.

[Continua após imagem]

Ao longo de todas as etapas, a Shopper pôde contar com o apoio da Comatrix e vice-versa, não só em relação ao GC, que será levado para as demais lojas da companhia, como também para o nascimento dessa super loja Chatuba Barra da Tijuca.


O Contexto

Um pouco depois de iniciarmos o projeto, em março de 2020, se iniciou a quarentena, em consequência da pandemia da Covid-19. Em um primeiro momento todo o comércio considerado não essencial fechou as portas, e o que poderia ser um balde d’água fria para o projeto, se tornou nossa maior motivação para entregar um resultado de excelência. Com as lojas fechadas, diversas obras pelo país começaram a se deteriorar, diante da descontinuidade e das intempéries do clima, causando prejuízos pelo Brasil todo.

Em um segundo momento, as lojas de material de construção foram reavaliadas como serviço essencial, uma vez que, além dos prejuízos, as pessoas (aconselhadas a ficarem isoladas em casa) passaram a querer deixar seus lares mais confortáveis, onde elas pudessem expressar suas respectivas identidades. Não foram tempos fáceis, pelo contrário, mas nada disso foi suficiente para conter nosso comprometimento com o resultado.


O Projeto

Ainda em 2019 começaram os trâmites comerciais que viriam a resultar na primeira loja da Chatuba Materiais de Construção que pratica o Gerenciamento por Categoria. Mas foi no comecinho de 2020 que o projeto se iniciou oficialmente, quando começamos a projetar a loja, sabendo que a compreensão a cerca do comportamento do consumidor local seria um guia determinante no desenho da estratégia. Naquele momento (mais do que nunca), diante de uma pandemia, as formas de interação, comunicação e consumo possuíam novos formatos e prioridades. Com o fechamento do comércio e as recomendações de distanciamento/isolamento social, a experiência de compra “on premise” precisa ser ainda mais eficaz e prazerosa.

Entendemos que o novo comportamento do consumidor (influenciado pelo contexto da quarentena) traz a tendência de comprar “pacotes maiores”, otimizando o tempo em visitas ao varejo. Sendo assim, desenhamos alguns fluxos no ponto de venda, para que o shopper possa fazer uma única parada nessa loja e conseguir tudo que precisava.

Contando com 15 categorias organizadas pelo sistema de Gerenciamento por Categoria, desenvolvemos duas “trilhas” para o shopper: para o lado direito uma jornada para quem vai construir e/ou reformar, composta por ferramentas, elétrica, pinturas, entre outras, com destaque para material de construção; para o lado esquerdo a jornada de quem vai decorar, contando com utilidades domésticas, iluminação, pisos e revestimentos, entre outros. Além disso, no caminho do caixa, o shopper ainda conhece a jornada de quem precisa consertar ou reparar, que conta com soluções inteligentes de produtos alinhadas com as expectativas do consumidor.

Um dos nossos principais objetivos era que, com a organização e ambientação da loja, o shopper precisaria se sentir em casa, por isso investimos em experiências que fomentam o estilo de vida desse consumidor, que está buscando autenticidade através da transformação do lar. Levando isso em consideração, planejamos que os nichos inspiracionais fossem colocados logo na entrada da loja, atraindo o olhar do consumidor que passa pela porta. A partir desse gatilho, o consumidor que se aproxima dos nichos, consegue ver ao fundo da loja os ambientes inspiracionais (que após a inauguração já pudemos constatar: possuem uma habilidade quase magnética de atrair pessoas/admiradores de um bom projeto arquitetônico). Ao associar um projeto moderno com elementos de decoração que são tendência, a Chatuba, conhecida por oferecer um atendimento humanizado, conseguiu alcançar ainda mais resultados positivos.

A loja Chatuba Barra possui 4 mil metros quadrados: nem maior e nem menor do que deveria, na medida certa; um mix completo de produtos para todas as fases de uma obra; amplo estacionamento com um sistema rápido de retirada de mercadorias. Além disso, a loja conta com espaços planejados para arquitetos se reunirem com seus clientes e uma área dedicada aos cursos que serão realizados pelos fornecedores na loja, para os clientes Chatuba que são profissionais da área de construção.


O Resultado

Estamos muito felizes com o resultado. Passados quase dois meses após a inauguração, ver a vida que a loja ganhou em funcionamento, evidencia que cada obstáculo transposto ou contornado valeu a pena. Os finais de semana que investimos desenhando planogramas, as noites que viramos arrumando a exposição dos produtos na loja compensaram. Nossa equipe começou o projeto determinada e finalizou realizada, mas o gerenciamento por categoria é uma ferramenta viva, e por isso agora seguimos na manutenção dos planogramas e acompanhamento da performance de vendas, com o planejamento de levar esse modelo para as demais lojas da marca. Abaixo veja mais algumas fotos de como ficou a loja Chatuba Barra.