Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Equipe alinhada: o que a gestão de conhecimento pode trazer de benefícios para sua empresa?

O mercado de trabalho está cada vez mais repleto de variadas marcas que oferecem soluções/produtos/serviços similares, em praticamente todos os segmentos. Portanto, a tomada de decisão do cliente deve ser basear no diferencial que a marca traz, desde a qualidade do produto até seu preço, por exemplo. E uma forma de melhorar tanto a qualidade do que é oferecido pela marca quanto a competitividade de seu valor, é investindo na Gestão de Conhecimento. Mas o que é isso? São os treinamentos? Não exclusivamente, mas vamos entender melhor.


A gestão de conhecimento se trata da organização e compartilhamento de conhecimento dos colaborador com o resto da empresa. Se cada colaborador for capaz de aprender um pouco do que os outros fazem, além de se tornar um profissional mais plural, também eleva a capacidade de resultados da entrega, uma vez que o conhecimento não depende de um, ou de poucos colaboradores. Portanto, quando um colaborador compartilha algo para a gestão de conhecimento, é avaliada a pertinência da aderência desse conhecimento para otimizar processos ou diretrizes.



Vamos ilustrar com o exemplo de uma pequena loja de roupas: temos a gerente, responsável pela gestão de processos e liderança da equipe, além do vendedor, da caixa e da vitrinista. Basta um desses colaboradores estar indisponível por um dia para que alguns processos estacionem. Portanto, o ideal é que todos sejam capazes de desempenhar outras funções, não só com o objetivo de ajudar a empresa, mas também em como absorver mais conhecimento, se tornando um profissional mais valioso.


Além disso, a gestão de conhecimento também é muito funcional para novos colaborares, que podem chegar já absorvendo as boas práticas relacionadas a cultura organizacional da empresa, e talvez até trazer alguma contribuição.


A gestão de conhecimento, preferencialmente, deve ter um profissional responsável por incentivar, coletar e organizar essas informações em um formato conveniente para a empresa, como um e-book, uma apresentação em PPT ou um aplicativo de gerenciamento de dados (como o Trello), enfim. O conteúdo que compõe a gestão de conhecimento deve partir de dados, que sejam interpretados e transformados em informação, e as informações unidas devem culminar em inteligência/conhecimento. É ideal que toda a equipe possua acesso irrestrito ao conhecimento gerado pela empresa e seus colaboradores, possuindo também o dever de alimentar essa base, conforme aprender novas coisas.


As start-ups (modelo de negócio que veio se popularizando na última década) já costumam nascer com a gestão de negócio inserida na cultura organizacional. Mas e para outros modelos de negócio, que já atuam no mercado de trabalho há mais tempo e não nasceram com essa prática, por onde começar? É ideal começar fazendo uma relação com os funcionários, líderes e gestores, relacionando-os com o conhecimento que detêm respectivamente. Uma vez identificados, os conhecimentos se tornam conteúdo textual e/ou audiovisual, indo para uma base onde toda a equipe tenha acesso para visualização. Uma vez que a empresa já tenha identificado todo o conhecimento que gira em seu interior, se faz interessante determinar quais conhecimentos seriam mais interessantes de se possuir para otimizar processos e elevar resultados. Dessa forma, a gestão de conhecimento também possui um viés de projeção de estratégia.



Uma vez que a empresa já tenha aderido a gestão de conhecimento em sua cultura organizacional, além dos benefícios já relatados ao longo deste texto, a empresa também poderá usufruir dos benefícios:


- Armazenamento e compartilhamento de conhecimento;

- Atualização constante de conhecimento da equipe;

- Potencialização da cultura organizacional;

- Incentivo a produtividade dos colaboradores;

- Alcançar uma melhor perspectiva de gestão estratégica, não só nos processos internos como na gestão de talentos;

- Se tornar uma marca com maior autoridade no setor, se elevando e se destacando frente a concorrência.


A Shopper Supply realiza consultoria e treinamentos, e pode ajudar a sua marca a alcançar novos patamares. Se quiser debater sobre o tema do texto, pode enviar um e-mail para contato@shoppersupply.com.br, mas se quiser saber mais sobre nossos serviços, acesse a página de Orçamento.


Boas vendas!


Gabriel Alverne